Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Programação da Feira do Livro de Lajeado terá bate-papo com o escritor Ondjaki no Teatro Univates

Postado as 04/08/2022 08:55:14

Por Natalia Nissen

A Feira do Livro de Lajeado, que chega à 16ª edição, será realizada entre os dias 17 e 21 de agosto, na Praça da Matriz. O evento, promovido pela Prefeitura de Lajeado em parceria com o Sesc Lajeado, tem apoio da Universidade do Vale do Taquari - Univates, que também organizará uma série de atividades culturais nos espaços da Feira e no campus da Instituição. O tema da Feira neste ano é “Janelas Literárias”, em alusão ao centenário de nascimento do autor português José Saramago. A escritora e professora Ivete Kist é a patrona do evento, que terá como homenageado o historiador e escritor Waldemar Laurido Richter.

Uma das principais atrações da Feira é o bate-papo com o poeta, roteirista e escritor angolano Ondjaki. A passagem pelo Brasil marca seus 20 anos de carreira e o lançamento da obra “O livro do deslembramento”, que aborda o cenário de Luanda após o fim da guerra civil. O bate-papo acontece na quinta-feira, 18, no Teatro Univates, a partir das 19h30min. A entrada é gratuita e, na noite do evento, pede-se a doação de 1 kg de alimento não perecível. As doações serão destinadas ao Projeto Mesa Brasil do Sesc. As inscrições devem ser feitas no sistema de inscrições da Univates, no link univates.br/sistemas/inscricoes/processo-6010. O evento é aberto a toda a comunidade.

Programação

Nos cinco dias de evento, a Biblioteca da Univates promove o Troca-Troca de Livros, no coreto da praça. Para participar, basta levar algum livro em bom estado e trocá-lo por outro. As obras poderão ser escolhidas de acordo com o gosto do leitor e dentre uma variedade de temas. 

Na quarta-feira, 17, a professora Rosiene Haetinger palestra sobre cinema e literatura para alunos do terceiro ano do Ensino Médio, no auditório do Sesc Lajeado, a partir das 14h. O grupo Clown - E seu sorrir!? se apresenta no palco principal da Feira do Livro no sábado, 20, às 14h. Na atividade, os clowns interagem com o público utilizando músicas, brincadeiras e improvisação. 

A Rádio Univates também fará a cobertura do evento, com participações especiais durante a programação.

Quem é Ondjaki

Ndalu de Almeida, conhecido como Ondjaki, nasceu em Luanda, Angola, em 1977. É sociólogo, poeta, roteirista e escritor. Faz parte da primeira geração de angolanos que cresceram em um país independente, embora em guerra. Sua literatura é um diálogo entre memórias e questões sociopolíticas. Uma história na voz de uma criança repleta de recordações e que fala de esperança e encantamentos, vividos numa terra sofrida. 

Em 2000, o escritor obteve o segundo lugar no concurso literário António Jacinto, realizado em Angola, e publicou o primeiro livro, “Actu Sanguíneu”. Suas obras foram traduzidas para diversos idiomas, entre eles francês, inglês, alemão, italiano, espanhol e chinês. 

Entre mais de dez importantes prêmios conquistados pelo autor está o Prêmio Jabuti, na categoria Juvenil, com o romance “AvóDezanove e o segredo do soviético”, em 2010. No Brasil, também publicou as seguintes obras: “Bom dia camaradas” (2006), “Quantas madrugadas tem a noite” (2004), “E se amanhã o medo” (2005), “Os da minha rua” (2007), “Materiais para confecção de um espanador de tristezas” (2009), “Os vivos, o morto e o peixe-frito” (2009), “O voo do golfinho” (2009), “Dentro de mim faz Sul”, seguido de “Acto sanguíneo” (2010).

Divulgação

Fique por dentro de tudo o que acontece na Univates, clique nos links a seguir e receba semanalmente as notícias diretamente no seu WhatsApp ou no Telegram

Logo ods