Utilizamos cookies neste site. Alguns são utilizados para melhorar sua experiência, outros para propósitos estatísticos, ou, ainda, para avaliar a eficácia promocional do nosso site e para oferecer produtos e serviços relevantes por meio de anúncios personalizados. Para mais informações sobre os cookies utilizados, consulte nossa Política de Privacidade.

Pesquisador da Univates volta à Espanha para continuação de estudo sobre gestão em propriedades produtoras de leite

Postado as 13/05/2022 15:29:38

Por Lucas George Wendt

Em 2015, o atual pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da Universidade do Vale do Taquari - Univates, professor Carlos Candido da Silva Cyrne, defendeu sua tese de doutorado no Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD), abordando indicadores de gestão em propriedades produtoras de leite do Vale do Taquari/RS a partir de um estudo comparativo com as propriedades da região da Galícia, na Espanha. 

Recentemente, no início de maio de 2022, Cyrne esteve novamente na Espanha para dar continuidade à pesquisa sobre a produção de leite ecológico e orgânico na Espanha e no Brasil, com o intuito de apresentá-lo como uma alternativa à produção do leite convencional.  

Divulgação/Acervo pessoal

A parceria do pesquisador, que atua no Programa de Pós-Graduação em Sistemas Ambientais Sustentáveis (PPGSAS) da Univates, é com o grupo de pesquisa Economía Agroalimentaria e Medioambiental, Desenvolvemento Rural e Economía Social (Ecoagrasoc) da Universidade de Santiago de Compostela (USC), tendo como principal contato o professor Ibán Vázquez González. Cyrne atua no projeto de pesquisa Indicadores de gestão em sistemas produtivos agroalimentares, na linha de pesquisa Gestão para a Sustentabilidade, vinculado ao PPGSAS. 

Divulgação/Acervo pessoal



Cyrne explica que a Galícia é uma região de interesse, pois é a maior produtora de leite da Espanha e a décima maior da Europa. “Só isso já justificaria a busca de informações nessa região. Além disso, a interação com os pesquisadores da USC traz enriquecimento de conhecimentos e constitui uma das ações de internacionalização da Univates”, relata.

Com os novos dados coletados na Galícia, a partir de visita às propriedades e do contato com investigadores locais, o pesquisador espera poder descrever a cadeia produtiva do leite orgânico na Espanha e permitir a comparação com as condições de produção desse mesmo produto no Brasil. “Estamos preparando uma proposta de artigo científico para apresentação no IX Congresso Internacional de Agroecologia, que ocorrerá em janeiro de 2023 em Sevilha, além de produzir relatórios para a divulgação da atividade, que pode ser uma boa alternativa para os produtores de leite do Vale do Taquari”, detalha. 

A sequência dos estudos neste tema conta com o fomento do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Na Espanha, o docente foi recebido pelo professor Ibán Vázquez González, coordenador do Ecoagrasoc. “Em nome dele, faço um agradecimento especial a todos os professores de onde, que me receberam muito bem, destacando que sem o apoio deles não seria possível coletar os dados”. 

Os achados da tese

O ambiente econômico encontra-se em constante evolução, provocando a transformação dos negócios. No Brasil, especificamente na área da produção de leite, desde o início dos anos 1990 ocorreram alterações significativas.

Com isso, houve a necessidade de reestruturar a cadeia de produção, criando, assim, novo perfil para o setor. Passaram a ser necessários o controle mais intenso e pormenorizado  das atividades, a adoção de novas regras referentes à qualidade do produto e dos processos e a adoção de novos padrões tecnológicos e de gestão.

O estudo realizado durante a tese objetivava propor um painel de indicadores de gestão das propriedades produtoras de leite do Vale do Taquari a partir de estudo comparativo com as propriedades da região da Galícia, na Espanha. Para atender ao proposto, realizaram-se pesquisas, indo ao encontro de produtores de leite do Vale do Taquari e da Galícia. Executadas as etapas previstas, a pesquisa constatou gestão débil e com a utilização mínima de indicadores de gestão nas propriedades de ambas as regiões.

“Conseguimos notar, e este é o principal objetivo do estudo, que a questão da gestão nas propriedades ainda requer avanços nas duas regiões. Nós precisamos buscar uma mudança na gestão para melhorar a produção e a qualidade do nosso leite. Precisamos qualificar mais nossos produtores. O que se nota é que a formação educacional ainda é baixa nas propriedades, e precisamos mudar isso”, salienta Cyrne.

Sustentabilidade ambiental e leite orgânico de vaca

Um grupo composto pelos professores Cyrne e Fernanda Cristiana Wiebusch Sindelar, do PPGSAS, e pela professora Julia Elisabete Barden, do PPGAD, recebeu nesta semana aprovação de um artigo sobre leite orgânico para apresentação em um dos principais eventos que ocorre no Brasil na área, o 60º Congresso da SOBER - Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. O evento acontece em agosto e terá, dessa forma, participação de representantes da Instituição que discutem e pesquisa o tema nos PPGs.   

Fique por dentro de tudo o que acontece na Univates, clique nos links a seguir e receba diariamente as notícias diretamente no seu WhatsApp ou no Telegram

Logo ods