30 Novembro de 2016

Mais de 100 mil vivem com HIV no Brasil e não sabem, diz Ministério da Saúd

 Cerca de 112 mil pessoas vivem com HIV no Brasil e não sabem, de acordo com estimativa divulgada nesta quarta-feira pelo Ministério da Saúde. A epidemia de Aids no Brasil tem se concentrado principalmente, entre populações vulneráveis e nos mais jovens.

De acordo com o Ministério da Saúde, a doença avança em todas as faixas no público masculino jovem. Entre a faixa etária de 20 a 24 anos, a taxa de detecção do vírus dobrou entre 2005 e 2015, passando de 16,2 casos por 100 mil habitantes para 33,1 casos por 100 mil. Dois motivos explicam a vulnerabilidade entre os grupos: menor inserção nos serviços de saúde e menor adesão ao tratamento.

O novo boletim, que traz um panorama atualizado da doença no Brasil, foi apresentado pelo ministro da Saúde Ricardo Barros durante evento de comemorações do Dia Mundial de Luta contra a Aids, celebrado no dia 1º de dezembro. Na data, uma campanha será realizada entre 370 prefeitos. "É importante fazer um apelo para que as pessoas façam a testagem para que não passem esse vírus para a frente”, enfatiza o ministro.

Fonte: Correio do Povo

Clique para ampliar