Notícias

25 Novembro de 2016

Tecnovates torna-se membro de entidade internacional de parques científicos

O Parque Científico e Tecnológico do Vale do Taquari (Tecnovates), criado e gerido pela Univates, é o novo membro da Associação Internacional de Parques Científicos e Áreas de Inovação (IASP, sigla em inglês). A IASP é uma Organização Não Governamental (ONG) com status consultivo especial no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas e membro fundador da Aliança Mundial para a Inovação (Wainova).
 
A entidade tem como objetivo estimular o desenvolvimento dos parques científicos e tecnológicos por meio da inovação, do empreendedorismo, da tecnologia e do conhecimento. Para a diretora administrativa do Tecnovates, Simone Stülp, ser reconhecido full member da IASP demonstra o amadurecimento e um avanço no estágio de consolidação do Parque Tecnológico do Vale do Taquari.
 
“Estar vinculado à IASP permite ao Tecnovates aprofundar o processo de internacionalização de suas ações, por meio do contato com outros parques igualmente associados à IASP, com o intuito de trocas de experiências e fortalecimento do ambiente de inovação”, contextualiza Simone.
 
17 empresas vinculadas ao Tecnovates
 
O Tecnovates foi criado em 2010 e iniciou suas atividades em 2011. A estrutura atual, com cerca de 5.200 m² de área construída, foi inaugurada em julho de 2014. O parque oferece às empresas espaço físico e laboratorial, assim como recursos humanos capacitados, para realização de pesquisa e desenvolvimento, focados em produtos alimentícios, tecnologias de proteção ao meio ambiente e energias alternativas. Atualmente, o parque conta com 17 empresas — entre associadas e residentes — e nove incubadas.
 
Além da IASP, o Tecnovates faz parte da rede de parques cadastrados no Programa Gaúcho de Parques Tecnológicos e Incubadoras de Empresas (PGtec) e é associado à Rede Gaúcha de Incubadoras de Empresas e Parques Tecnológicos (Reginp).
 
Edital contínuo
 
O Tecnovates lançou edital contínuo com o objetivo de selecionar projetos de pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços, na modalidade Universidade-Empresa. Para participar da seleção, os pesquisadores, em conjunto com as empresas parceiras, deverão encaminhar os documentos exigidos no edital, disponível no site – clique aqui.
 
O valor destinado a cada pesquisa pode chegar a R$ 50 mil, proveniente de fundos de pesquisa da Univates, com contrapartida de até 50% desse valor por parte das empresas, de forma financeira ou não. A inscrição dos projetos deve ser protocolada na Secretaria de Pós-Graduação e Pesquisa (sala 115 do Prédio 1 da Univates). Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail tecnovates@univates.br ou pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5956.
 
Texto: Tiago Silva
Clique para ampliar