A AFETIVIDADE NOS ANOS INICIAIS DA EDUCAÇÃO BÁSICA: REVISÃO DE LITERATURA

Gilma Helena Souza, Thatiany De Paula, Marcos Venicio Esper

Resumo


Este artigo discute o tema afetividade no processo ensino aprendizagem na educação infantil, apresentando por meio de pesquisas bibliográficas, a visão de pensadores e pesquisadores, que tratam da importância do afeto para o desenvolvimento cognitivo da criança nos anos iniciais da educação básica. Essa questão motivou o questionamento: Como o relacionamento afetivo entre professor e aluno dos anos iniciais da Educação Básica pode contribuir para a aprendizagem? Uma das hipóteses prevê que, quando o professor estabelece um vínculo com seus alunos, estará contribuindo para a formação integral das crianças nos anos iniciais da Educação Básica. Tem como objetivo geral analisar a importância da afetividade no relacionamento entre docente e discente, na educação infantil. A metodologia deste trabalho é a pesquisa bibliográfica de natureza qualitativa. A hipótese foi confirmada, pois segundo os autores pesquisados, a afetividade é importante na formação da criança no cenário educacional, sendo um elo entre professor e aluno, e tem como base o respeito mútuo e a interação afetiva.

Palavras-chave


Educação infantil, Afetividade, Aprendizagem.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v12i2a2020.2522

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 MARCOS VENICIO ESPER

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: