DETECÇÃO DE ADULTERAÇÃO E CARACTERIZAÇÃO FÍSICO-QUÍMICA DE MEL DE ABELHA DE PEQUENOS PRODUTORES DO INTERIOR GAÚCHO

Renata Pelin Viciniescki, Sabrina Grando Cordeiro, Eniz Conceição Oliveira

Resumo


Este trabalho objetivou analisar qualitativamente e por parâmetros estabelecidos em normativas, méis comercializados em pequenas propriedades do Sul do Brasil visando a detecção de fraude. As cinco amostras de mel foram submetidas a análises de Reação de Fiehe, Lugol e Lund, além de adição de corantes, acidez total e pH, nas quais todas as amostras não apresentaram indícios de fraude e o pH estabeleceu-se na faixa de 3. Assim constata-se que análises para fraude de méis podem ser realizadas através de testes analíticos qualitativos clássicos.

Palavras-chave


mel; adulteração; Rio Grande do Sul

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v10i4a2018.2047

Direitos autorais 2019 Renata Pelin Viciniescki, Sabrina Grando Cordeiro, Eniz Conceição Oliveira

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: