NÚMEROS x ALFABETO: O PROFESSOR E SUA CONCEPÇÃO DE ÁLGEBRA

Jadson de Souza Conceição, Marcus Vinícius Costa dos Santos, Tamiles da Silva Oliveira

Resumo


O presente artigo é fruto de leituras, discussões e experiências geradas durante as aulas da disciplina Álgebra Superior na Perspectiva da Educação Matemática, oferecida pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Matemática da Universidade Estadual de Santa Cruz (PPGEM/UESC). O texto em questão objetiva analisar as concepções de Álgebra explicitadas por professores, com base nas ideias propostas por Usiskin, ao elaborarem situações-problema envolvendo conceitos algébricos da Educação Básica. Para a produção e coleta dos dados, participaram do estudo 13 professores que elaboraram 26 situações-problema envolvendo conceitos algébricos da Educação Básica. Os dados foram analisados e classificados segundo as concepções de álgebra propostas por Usiskin. As situações-problema apresentadas pelos professores evidenciaram a necessidade de pensar o ensino da álgebra para além do ato da resolução de problemas, isto é, um ensino com ênfase na aquisição e apreensão cognoscível que se torne significativo para o educando, em detrimento de metodologias que se pautem unicamente na manipulação de letras e números.

Palavras-chave


Álgebra. Ensino de Álgebra. Concepções de Álgebra

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22410/issn.2176-3070.v10i4a2018.1979

Direitos autorais 2019 Jadson de Souza Conceição, Tamiles da Silva Oliveira, Marcus Vinícius Costa Santos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: