ANÁLISE DA FARMACOTERAPIA EM UM CENTRO DE ATENÇÃO AO IDOSO DO VALE DO TAQUARI – RS

Ismael Dias Hilário, Eveline Simonetti, Marinês Pérsigo Morais Rigo, Luís César de Castro, Carla Kauffmann

Resumo


O envelhecimento da população no Brasil está aumentando gradativamente. Concomitantemente ocorre a elevação do consumo de medicamentos, devido ao aumento da prevalência de doenças crônico-degenerativas nessa idade. Esta pesquisa teve como objetivo analisar os prontuários de residentes de um Centro de Atenção ao Idoso, localizado em um município do Vale do Taquari - RS, a fim de avaliar a farmacoterapia empregada por esses indivíduos. Foram avaliados os prontuários de 61 idosos de ambos os gêneros. A polifarmacoterapia predominou entre os indivíduos analisados (96,7%), resultando na identificação de potenciais riscos de interações medicamentosas em 82,0% dos asilados. Soma-se que os medicamentos empregados são considerados inadequados segundo critérios de Beers-Fick.

Palavras-chave


Geriatria. Farmacoterapia. Atenção farmacêutica.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ismael Dias Hilário, Eveline Simonetti, Marinês Pérsigo Morais Rigo, Luís César de Castro, Carla Kauffmann

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: