ADESÃO AO TRATAMENTO: ONDE ESTÁ O PROBLEMA? PERCEPÇÕES A PARTIR DA VIVÊNCIA EM EQUIPE MULTIDISCIPLINAR HOSPITALAR

Daniela Beatriz Conte, Juliana de Souza, Luís César de Castro, Luciana Carvalho Fernandes, Luísa Scheer Ely, Carla Kauffmann, Marinês Pérsigo Morais Rigo

Resumo


A adesão ao tratamento é definida como grau de concordância do paciente com as recomendações do profissional da saúde no que se refere ao seu tratamento, tendo papel fundamental no resultado deste. Este trabalho analisa fatores que podem afetar a adesão ao tratamento em pacientes submetidos à cirurgia cardiovascular em um hospital do Sul do Brasil. Este estudo, de caráter transversal qualitativo, foi realizado em um hospital de médio porte do Sul do Brasil nos meses de outubro e novembro de 2010. O estudo abrangeu interação com pacientes submetidos à cirurgia cardíaca e com a equipe multiprofissional do serviço. Observou-se que o trabalho multiprofissional pode ser uma estratégia para promover a adesão e, consequentemente, o uso racional de medicamentos.

Palavras-chave


Adesão ao tratamento. Uso Racional de Medicamentos. Equipe multiprofissional. Cirurgia cardiovascular.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Daniela Beatriz Conte, Juliana de Souza, Luís César de Castro, Luciana Carvalho Fernandes, Luísa Scheer Ely, Carla Kauffmann, Marinês Pérsigo Morais Rigo

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: