ANÁLISE DA MEDICAÇÃO UTILIZADA POR DIABÉTICOS E HIPERTENSOS

Claudete Rempel, Márcia Inês Goettert, Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen, Ioná Carreno, Marina Manfroi, Claudete Moreschi

Resumo


Este artigo objetiva identificar os principais fármacos utilizados por diabéticos e hipertensos acompanhados em Unidades Básicas de Saúde do Vale do Taquari/RS e possíveis interações medicamentosas no tratamento da hipertensão e do diabetes. Foram entrevistados 149 indivíduos de seis municípios do Vale do Taquari/RS, por meio de questionário padronizado. Utilizou-se a análise estatística descritiva. A maioria dos entrevistados é do sexo feminino, com idade média de 65,1 anos, e 33,1% dos participantes apresentaram hemoglicoteste de diabético. Dos 145 pacientes entrevistados 88,4% tiveram combinação medicamentosa, com 13,2% sendo Enalapril e Hidroclorotiazida, com média de 4,1 medicamentos utilizados por indivíduo. Constataram-se 169 interações medicamentosas, das quais 75% são associações medicamentosas com gravidade moderada. As equipes de saúde devem estar atentas às interações medicamentosas dos indivíduos diabéticos e hipertensos, diminuindo os riscos para a saúde e qualificando a atenção à saúde.

Palavras-chave


Diabetes mellitus. Hipertensão. Anti-hipertensivos. Hipoglicemiantes.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Claudete Rempel, Márcia Inês Goettert, Andreia Aparecida Guimarães Strohschoen, Ioná Carreno, Marina Manfroi, Claudete Moreschi

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Tradução automática: