Notícias

Laboratório do Leite analisará materiais de concurso da FestLeite 2012
Laboratório do Leite analisará materiais de concurso da FestLeite 2012

Laboratório do Leite analisará materiais de concurso da FestLeite 2012

O Laboratório do Leite da Univates estará presente, por meio do Unianálises, na FestLeite 2012, que ocorre entre os dias 26 e 29 de abril, na cidade de Anta Gorda. Entre as atrações do evento está o Concurso de Gado Leiteiro, que contará com análises do leite ordenhado e fornecimento dos resultados para premiação feitos por uma equipe do Laboratório.

A equipe ficará responsável por fornecer o material de coleta adequado para a ordenha do leite (feita por técnicos da feira), pela realização do treinamento de coleta e pelas análises do leite. O objetivo do concurso é premiar a qualidade do leite, que é fundamental para atender o mercado cada vez mais exigente.

No próximo dia 25, encerram as inscrições para a participação do concurso leiteiro. No dia seguinte serão realizadas três ordenhas (às 6h, às 14h e às 22h). Já no dia 27 serão realizadas duas ordenhas (às 6h e às 14h). A premiação será feita no dia 29, às 10h30min.

O mesmo trabalho de análise foi realizado pelo Laboratório em 2010, durante a Expointer. O Concurso da FestLeite será subdividido por idade e por raça – holandesa e jersey. Mais informações podem ser obtidas acessando o site do evento – www.festleite.com.br. Contatos com o Laboratório de Leite do Unianálises podem ser feito pelo e-mail lableite@univates.br.

Saiba mais sobre o funcionamento do concurso

A FestLeite 2012 terá, além da premiação por sólidos, uma premiação em relação à contagem de células somáticas (CCS). A contagem de CCS indica o estado sanitário do úbere. A mastite, processo inflamatório do úbere, causa o aumento no número de células somáticas (células de defesa do organismo) no leite. Assim, a premiação será feita para o animal que apresentar menor média de CCS.

Em relação aos sólidos, existe uma tendência de valorização do teor de sólidos no leite, pois está vinculado ao rendimento na produção de derivados lácteos. Na avaliação de sólidos será considerada a massa de sólidos e o volume de leite produzido em cada coleta. Assim, o animal com maior teor de sólidos em cada categoria (raça/idade) será premiado.

Texto: Tuane Eggers

Univates/Florestal Alimentos/Bira perde em casa
Univates/Florestal Alimentos/Bira perde em casa

Univates/Florestal Alimentos/Bira perde em casa

Nesta quarta-feira o Univates/Florestal Alimentos/Bira enfrentou um jogo difícil dentro de casa. No clássico contra Santa Cruz o time do Vale do Taquari, soberano em praticamente toda a partida, se perdeu no último quarto e amargou a derrota de 94 a 91.

No primeiro quarto o Bira entrou concentrado e chegou a abrir 12 pontos de vantagem. O jogo equilibrou mas a vantagem era do time da casa: 27 x 23. No segundo quarto a equipe do Vale manteve boa marcação e fechou o primeiro tempo em 55 x 43. A volta para o terceiro quarto teve confusão em quadra e o jogo ficou mais de 40 minutos parado. Os 800 torcedores permaneceram em sua maioria no Complexo, aguardando o reinicio da partida. Com a expulsão de dois jogadores, um do Santa Cruz e um do Bira, a partida reiniciou e o Univates/Florestal Alimentos/Bira fechou o quarto em 73 x 65. No quarto final o Bira chegou a abrir 19 pontos de vantagem, mas o Santa Cruz soube trabalhar as dificuldades do time e desequilibrou a partida. Disputado ponto a ponto, Santa Cruz levou a melhor no último período, virando o jogo e encerrando o placar em 94 x 91.

Próximos desafios serão em casa

Neste final de semana acontecem as últimas partidas pelo returno da Copa Brasil Sul. O Univates/Florestal Alimentos/Bira recebe em casa as equipes catarinenses. Na sexta-feira, dia 20, a equipe do Vale do Taquari entra em quadra às 20h, no Complexo Esportivo, contra Blumenau. Já no sábado, dia 21, mesmo horário e local, o Bira terá o confronto contra o Brusque. Ingressos podem ser adquiridos no Setor de Atendimento ao Aluno – Prédio 9 da Univates, ou nas bilheterias do Complexo Esportivo na hora do jogo, ao valor de R$ 5,00. Crianças de até 12 anos não pagam ingresso.

A fase final da Copa Brasil Sul acontece no último final de semana do mês - dias 28, 29 e 30 de abril - em Campo Mourão. Participam da Copa Brasil Sul de Basquete, Univates/Florestal Alimentos/Bira e Santa Cruz do Sul, pelo Rio Grande do Sul, Blumenau e Brusque, representando Santa Catarina, e Maringá e Campo Mourão, pelo Paraná. Os dois melhores disputam a Super Copa Brasil, em maio, que deve acontecer na Bahia e garante aos dois primeiros colocados vaga para o Novo Basquete Brasil (NBB).

Texto e fotos: Elise Bozzetto

TV Univates estreia programa sobre culinária
TV Univates estreia programa sobre culinária

TV Univates estreia programa sobre culinária

Quem acompanha a TV Univates – canal 15 da Net Lajeado – pode conferir, todos os sábados, às 11h, uma nova opção de programa: Ateliê do Sabor, apresentado pelo chef de cozinha do Restaurante Planeta Terra, Sérgio Rabaioli. Em 30 minutos, são ensinadas receitas típicas do Rio Grande do Sul e do mundo, além de mostrar obras de arte ou artistas do local de origem do prato.

O principal diferencial deste programa de culinária em relação aos demais de temática semelhante, é que as receitas produzidas compõem o buffet do Restaurante Planeta Terra – apoiador cultural, localizado no Unicshopping, em Lajeado. Após assistir ao programa no sábado, o telespectador ainda pode provar a receita.

A equipe de produção do programa é composta pela produtora Daniela Mallmann, pelos cinegrafistas Fernando Schmitz e Felipe Steffani, e pelo diretor Alex Bender. Conforme Daniela, a gastronomia é a forma mais completa de arte, pois envolve todos os sentidos: visão, olfato, tato, audição e paladar. “Podemos ouvir o cozimento dos ingredientes, que liberam seus aromas pelo ar e que em seguida são captados pelo nosso olfato; uma boa apresentação visual do prato desperta nosso interesse e leva-nos a querer sentir a textura e o sabor de cada elemento dessa harmoniosa combinação que nos é apresentada”, destaca.

O programa também pode ser conferido, em tempo real, pelo site www.univates.br/tv. A reprise do programa ocorre em terças-feiras, às 11h, e quartas-feiras, às 21h.

Texto: Ana Paula Vieira Labres

Mestranda do PPGECE participa de Conferência Internacional
Mestranda do PPGECE participa de Conferência Internacional

Mestranda do PPGECE participa de Conferência Internacional

A mestranda Andréia Scherer da Silva, aluna do Mestrado Profissional em Ensino de Ciências Exatas da Univates, participou, de 9 a 13 de abril, da conferência final da pesquisa TRACES (Transformative Research Activities Cultural Diversities and Education in Science), realizada em Napólis, na Itália. A pesquisa é financiada pela União Europeia e dela participam pesquisadores da Argentina, Brasil, Colômbia, Espanha, Israel e Itália. A sede brasileira é a PUCRS, e a Univates é representada pela professora doutora Marlise Heemann Grassi e pela mestranda Andréia.

A conferência colocou em discussão os resultados das pesquisas realizadas nos seis países e contou com a participação de representantes dos diferentes Estudos de Caso. As pesquisadoras da Univates foram responsáveis pelo Estudo de Caso 2, desenvolvido na Escola Municipal de Ensino Fundamental Guido A. Lermen, representada na conferência pelas professoras Márcia Rosa da Luz e Tatiana Schuhl dos Santos.

A pesquisa TRACES encerra as atividades neste semestre. Os relatórios finais serão analisados pela comissão internacional responsável por projetos desta natureza.

Projeto da Univates qualifica alunos para a prova da OAB
Projeto da Univates qualifica alunos para a prova da OAB

Projeto da Univates qualifica alunos para a prova da OAB

Com o objetivo de aprimorar e facilitar a trajetória dos alunos que buscam a aprovação no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Univates oferece o Projeto Qualifica, voltado a alunos do curso de Direito da Instituição. A atividade ocorrerá em encontros quinzenais de uma hora, nos quais serão trabalhadas e elaboradas peças processuais direcionadas apenas ao exame (na esfera cível, trabalhista e penal). Os encontros também discutirão eventuais dúvidas apresentadas pelos alunos.

Conforme a vice-diretora do Centro de Ciências Humanas e Jurídicas (CCHJ) da Univates, professora Fernanda Brod, a ideia surgiu a partir do propósito de manter bons resultados no exame da OAB. Além disso, também existe a necessidade de realizar um estudo mais direcionado à segunda etapa da prova, realizada ao final do curso. “A partir do apontamento de aspectos práticos das peças processuais que são comumente abordadas na segunda etapa do exame, queremos elaborar um material didático que poderá ser futuramente utilizado por professores e alunos”, explica.

A atividade é gratuita e serão feitos encontros por área de escolha dos alunos. A área trabalhista será coordenada pela professora Fernanda Brod, a área cível será ministrada pela professora Marta Piccinini, e a penal, pela professora Bianca Bertani.

Os alunos interessados devem comparecer na primeira reunião, que ocorrerá na próxima segunda-feira, dia 23, às 17h45min, na sala 104 do Prédio 7. Além disso, devem comprometer-se a participar até o fim do projeto, programado para o mês de dezembro.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3714-7000, ramal 5541, ou pelo e-mail biancabertani@univates.br.

Estudante é aprovada no exame antes mesmo da formatura

A aluna de Direito da Univates Iasmine Eidelwein, com formatura programada para o próximo semestre, decidiu realizar a prova antes mesmo de receber seu diploma, e na última terça-feira, dia 17, recebeu a boa notícia de que foi aprovada. Ela quis realizar a prova sem a pressão de estar formada e confessa que o recebimento do resultado foi um dos momentos mais felizes de sua vida. “A aprovação no exame foi a certeza de que aproveitei todas as oportunidades que o curso me proporcionou e mais que isso, que todo o meu esforço está valendo a pena”, comemora.

A primeira fase conta com 80 questões objetivas e é necessária a aprovação em, no mínimo, 40 delas para passar à segunda fase, composta de uma prova prático-profissional na área do Direito escolhida pelo candidato. Iasmine conta que fez a primeira fase da prova como teste para saber qual área deveria estudar mais. Já na segunda fase, ela estudou sobre código civil e algumas peças que tinham maior probabilidade de serem abordadas. “Ambas as provas foram extensas e cansativas, mas não foi cobrado nada que eu não conhecia”, explica.

Texto: Tuane Eggers

Outras perspectivas sobre educação são discutidas em grupo de estudos
Outras perspectivas sobre educação são discutidas em grupo de estudos

Outras perspectivas sobre educação são discutidas em grupo de estudos

Todas as terças-feiras, às 17h15min, os participantes do grupo "O que pode a educação?" reúnem-se na sala 202 do Prédio 7 da Univates para debater leituras que envolvem a temática e produzir diferentes olhares sobre o assunto. Um dos objetivos consiste em problematizar a educação e suas práticas. A cada encontro um participante do grupo traz um texto e apresenta questões específicas da leitura. A partir daí, os demais envolvidos sugerem, propõem e questionam.

O referencial teórico é baseado na filosofia da diferença e tem como referencial de estudo os filósofos pós-estruturalistas. “Nosso estudo busca problematizar e tentar suspender os ditos e escritos que permeiam a educação. A proposta consiste em repensar na educação em mundo contemporâneo e híbrido”, diz a coordenadora do grupo de estudos, professora Fabiane Olegário.

Participante do grupo desde o início do ano, a acadêmica do 5o semestre do Curso de História da Univates Natália Devitte comenta que os participantes colaboram com ideias e os colegas complementam ao abordarem suas experiências vivenciadas em sala de aula. “Durante os encontros, também utilizamos a literatura”, completa.

A diplomada pelo Curso de Ciências Exatas da Univates Michele Delazeri Bladt participa da atividade pela segunda vez e destaca: “Eu me identifiquei muito com o grupo. Posso discutir algumas inquietações cotidianas de sala de aula”.

O grupo estará reunido até o dia 19 de junho. Podem participar alunos dos cursos de licenciaturas e de Psicologia da Univates, diplomados, professores dos Ensinos Fundamental e Médio e pessoas da comunidade. Não é necessária a participação em todos os encontros. Cada participante recebe atestado de participação e os alunos contabilizam as horas como atividades complementares.

Texto: Ana Paula Vieira Labres