Notícias

30 de maio de 2017 | imprensa@univates.br

Competição de Direitos Humanos desafia estudantes de Direito

Um caso hipotético de violação das normas de Direito Internacional Público e de Direitos Humanos no fictício país de Pindorama está desafiando estudantes do curso de Direito da Univates que, desde a última sexta-feira, 26, participam de sessões orais em júris simulados. Com toda pompa e circunstância de um julgamento da Comissão Interamericana de Direitos Humanos, a atividade faz parte da Competição Univates de Direitos Humanos.

As onze duplas que disputam a competição participam das sessões orais até o dia 10 de junho. De acordo com Júnior Roberto Willig, coordenador adjunto do curso e integrante da Comissão Organizadora do concurso, além de abordar a questão dos Direitos Humanos, a atividade permite o desenvolvimento de habilidades essenciais para a prática jurídica. “A competição é um treinamento completo para o estudante de Direito. Além de pesquisar uma temática específica, redigindo um memorial na qualidade de representante das vítimas ou do Estado, o aluno também defende sua tese em sessões orais, de forma idêntica ao que enfrentará em seu futuro profissional”.

A equipe que se classificar em primeiro lugar na competição receberá como premiação uma viagem com todas as despesas pagas para competir em nome da Univates na 23ª edição da Competição de Julgamento Simulado do Sistema Interamericano de Direitos Humanos na American University Washington College of Law (Washington, DC, EUA) em 2018.

Já a segunda dupla classificada receberá uma viagem (com todas as despesas pagas) para o evento Cuyum – Competencia Internacional de Derechos Humanos, na Universidad Nacional de Cuyo, Mendoza, Argentina, que ocorre neste ano. A fase semifinal da competição será hoje, dia 30/05, classificando oito equipes que competirão para avançar para a fase final, que ainda não tem data definida.

Mais informações no site www.univates.br/evento/primeira-competicao-univates-de-direitos-humanos. Confira a matéria sobre a competição ao lado ou aqui.

Texto: Nicole Morás

Clique para ampliar

Notícias Relacionadas