Notícias

07 de março de 2017 | imprensa@univates.br

Univates recebe profissionais da saúde para programa federal

Profissionais da área da saúde reuniram-se na Univates na manhã de segunda-feira, dia 6, para a abertura da Residência Multiprofissional em Saúde da Família. Oito profissionais atuarão em unidades de saúde de Lajeado durante dois anos. O programa possibilita aos participantes a atuação nos serviços de saúde, considerando uma visão integradora e articulada dos usuários que necessitam do serviço. 
 
Há cerca de um mês e meio graduada em Psicologia, Elise Júlia Sehn conta que ainda na graduação já pensava em tentar ingressar em alguma residência multiprofissional. “Espero aprimorar meus conhecimentos teórico-práticos na área, refletindo sobre a presença e a importância da saúde mental em todos os níveis de cuidado, inclusive na atenção básica, realizando trocas com os colegas profissionais - de diversas áreas -, além de construir aprendizados a partir da imersão em outro município, em outras realidades de serviços públicos de saúde, e com/entre outras equipes e profissionais de saúde, visando sempre ao objetivo primordial de promover e produzir saúde para os sujeitos”, declara. Elise, natural de Sinimbu, destaca a importância de equipes multiprofissionais. “Isso ultrapassa os muros da academia e se constitui nos próprios territórios, onde (con)vivem as pessoas a quem prestamos atenção e cuidado”, explica.
 
No primeiro semestre de 2017, os residentes atuarão nas Estratégias de Saúde da Família Santo André e Santo Antônio, no Centro de Saúde São Cristóvão e na Unidade Central de Promoção da Saúde. O objetivo do projeto é o aprimoramento técnico-científico, tanto dos profissionais como da própria sociedade. “A Residência Multiprofissional faz com que os cursos da saúde enxerguem as pessoas como seres realmente inteiros. Entender que aquele que procura o serviço não é só joelho ou cabeça, ele é integral”, citou o vice-reitor da Univates, Carlos Cyrne. Em complemento, Cyrne avaliou que o programa possibilita a interação dos profissionais com os ambientes municipais, podendo potencializar o que já é realizado e sugerir mudanças. Também estiveram presentes na abertura o secretário de Saúde de Lajeado, Tovar Musskopf, e a diretora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS) da Univates, Magali Grave.
 
Texto: Ana Amélia Ritt
Clique para ampliar

Notícias Relacionadas