Notícias

03 de janeiro de 2017 | imprensa@univates.br

Univates inicia cinco turmas de pós-graduação

Em cerimônia realizada na manhã desta terça-feira, dia 03, a Univates deu início às atividades de cinco turmas de três programas de pós-graduação (PPGs). Foram iniciadas as aulas em regime modular da 11ª turma do Mestrado em Ensino de Ciências Exatas, da 12ª turma do Mestrado em Ambiente e Desenvolvimento, da 6ª turma do Doutorado em Ambiente e Desenvolvimento, da 5ª turma do Mestrado em Ensino e da 1ª turma do Doutorado em Ensino.
 
Na ocasião, o vice-reitor, Carlos Cyrne, destacou o avanço da Instituição dentro dos programas de stricto sensu nos últimos anos. “Tenho certeza que aqui vocês terão um espaço para explorar ao máximo suas potencialidades”, afirma. Além disso, Cyrne lembrou também que os estudantes devem aproveitar não só os momentos da sala de aula, mas sim os períodos de intervalos. “Eles são tão importantes quanto o aprendizado da aula. Você consegue trocar experiências e adquirir uma rede de contatos”, conclui. 
 
No total são 46 estudantes - entre mestrandos e doutorandos - que ingressam de forma intensiva nos cursos da Univates. O grupo vem doze estados brasileiros, sendo eles Maranhão, Mato Grosso, Pará, Amapá, Alagoas, Rondônia, Bahia, Goiás, Rio de Janeiro, Piauí, Ceará e Rio Grande do Sul, além ainda do Distrito Federal e da Colômbia.
 
Entre eles está Tcharles Schneider, que inicia os estudos no mestrado do PPG em Ensino de Ciência Exatas. Oriundo da cidade de Vera (MT), ele conta que a escolha pela Univates se deu após receber a indicação de um amigo que já realiza o mestrado na Instituição. “Ele me passou boas referências daqui, falou que a Univates tem um dos melhor conceitos dentro da área do ensino e isso é fundamental para quem busca aperfeiçoamento nesta área”, afirma.
 
Além disso, o formato do curso, oferecido no regime modular, foi outro atrativo que trouxe o mato-grossense para a região. “Como sou funcionário do estado consigo solicitar meio ano de afastamento para a qualificação, então isso fecha com a dinâmica proposta pelo curso e consigo assim conciliar os estudos, sem ter que abrir mão da vida profissional”, conta.
 
Texto: Artur Dullius
Clique para ampliar

Notícias Relacionadas