Nota oficial da Univates referente ao Fies

Postado em 08/02/2018 13h31min e atualizado em 08/02/2018 17h58min

Por Assessoria de Imprensa

Lucas George Wendt

Assim como as principais universidades comunitárias e particulares do Estado, a Universidade do Vale do Taquari - Univates não irá aderir ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste semestre. As recentes alterações sancionadas pelo governo trazem insegurança, além de trazer ônus elevado para as Instituições de Ensino Superior (IES).

O Fies sempre foi muito importante para a Univates, sendo a Instituição uma das primeiras a aderir quando das mudanças profundas ocorridas em 2009. A Instituição chegou a ter, no auge do programa, em 2014, mais de 35% de seus estudantes sendo atendidos por esse programa. Hoje são atendidos em torno de 20%.

A Univates, assim como as demais instituições do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung), afirma que as mudanças do Fies não estão claras. Além disso, as alterações retiram alguns benefícios dos estudantes e criam novos encargos financeiros para as universidades, na ordem de 25 a 30% do valor financiado pelo estudante. Ou seja, na nova modalidade do Fies a taxa de juros para o estudante pode ser zero em alguns casos, mas a instituição receberia somente algo em torno de 70% do valor financiado. Para o caso da Univates significa dizer que esses novos encargos, a rigor, de forma indireta, estariam sendo bancados pelos demais estudantes da Instituição sem Fies.

Para permitir o acesso ao Ensino Superior e suprir as dificuldades do Fies, a Univates criou o Credivates 2.0, direcionado aos ingressantes. A nova forma de financiamento possibilita três opções de pagamento aos acadêmicos. Além disso, especificamente para a área de formação de professores, a Univates está implantando neste semestre o Bolsa Licenciatura, que pode possibilitar desconto de mais de 50% para os estudantes que cursarem todas as disciplinas oferecidas no semestre.

Neste momento, a Instituição está envolvida em fóruns estaduais e nacionais e nas suas associações (Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas - Comung e Associação Brasileira das Instituições Comunitárias de Educação Superior -  Abruc) para discutir e propor ao Ministério da Educação (MEC) melhorias que viabilizem uma maior adesão ao programa.

Assim que as normas ficarem mais claras e os encargos financeiros forem compatíveis, a Univates poderá voltar a disponibilizar o Fies.

Ressalta-se que  os contratos assinados nos semestres anteriores serão renovados normalmente.