Interfaces: projeto de extensão envolveu mais de 1.500 pessoas em 2017

Postado em 02/01/2018 08h36min e atualizado em 02/01/2018 08h41min

Por Nicole Morás

Os projetos de extensão se caracterizam por serem ações contínuas, desenvolvidas de forma planejada, com objetivos e periodicidade voltados a aproximar a universidade da comunidade por meio de atividades que possuam caráter educativo, social, cultural, científico ou tecnológico. Na Universidade do Vale do Taquari - Univates, o projeto Interfaces reúne três áreas de atuação vinculadas ao Centro de Ciências Humanas e Sociais (CCHS), com participação do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS)  em ações articuladas, mantendo a autonomia de cada projeto. Entre eles estão Comunicação, Educação Ambiental e Interfaces - Ceami; Formação Pedagógica e Pensamento Nômade; e Observatório dos Direitos Humanos (ODH). Este último é integrado pelos projetos Migrações Contemporâneas, Educação Fiscal e Recomeçar (atua com mulheres vítimas de violência).

Divulgação

Em 2017, nas três faces do projeto, mais de 1.500 estudantes e representantes da comunidade regional participaram das atividades desenvolvidas, como oficinas, grupos de estudos, tertúlia formativa e seminários. Na face do ODH, por exemplo, a oficina "Bullying e Direitos Humanos" envolveu mais de 500 alunos de escolas públicas, além de estudantes de graduação, como Tatiane Simonetti Vaz, do curso de Psicologia.

Após ter participado do Projeto Interdisciplinar em Cuidado e Saúde, a acadêmica se interessou pelo assunto e se motivou a participar. “Falar sobre bullying promoveu discussões acerca do meio social, área que tenho interesse em atuar, além de ser uma forma de aproximação com a prática e com um público formado por crianças e adolescentes”, observou a estudante.

Tatiane também entende que as vivências a auxiliaram a desenvolver posturas e conhecimentos com grupos, perceber a necessidade e singularidade de cada turma trabalhada. “Ao meu ver, isso gera mais agilidade e eficácia nos assuntos que nos propomos a levar às escolas, considerando que era um tempo relativamente curto para um assunto de tamanha relevância. Para as próximas experiências profissionais, incluindo o estágio curricular, me sinto mais segura para colaborar, identificar demandas e com o grupo/indivíduo buscar melhorias”, analisa.

Divulgação

Uma novidade implementada foi a produção de um programa que vai ao ar nos sábados pela manhã na Rádio Univates, com o objetivo de debater assuntos de interesse público e relacionados com as temáticas abordadas nas ações do Interfaces, com a participação de professores, bolsistas e voluntários. No total foram gravados 29 programas de rádio, que também estão disponíveis aqui.

Também foi realizada a Tertúlia formativa - A pessoa com deficiência e seu estatuto (teoria e prática), uma ação conjunta das três faces que reuniu sete agentes de saúde e quatro estudantes voluntários da Instituição.

II Mostra Acadêmica do Projeto de Extensão Interfaces

Ricardo Horn

Para compartilhar as ações e os resultados, foram realizadas, em dezembro, em parceria com o projeto Ações Interdisciplinares de Cuidado em Saúde, a II Mostra Acadêmica do Projeto de Extensão Interfaces e a III Mostra Acadêmica do Projeto de Extensão Projeto Interdisciplinar (PI), que teve como proposta a socialização e a divulgação para a comunidade acadêmica das ações desenvolvidas pelo projeto de extensão da Univates ao longo do ano de 2017.  

Confira as ações desenvolvidas

Face Ceami - Comunicação para Educação Ambiental

- 29 turmas da oficina “Vivências na Natureza”
- 10 oficinas contínuas
- Produção de um audiovisual com agroecologistas
- Documentário com grupos sociais

Face ODH - Observatório de Direitos Humanos

- Oficina sobre "Bullying e Direitos Humanos"
- Atendimento às mulheres vítimas de violência doméstica no Fórum da Comarca de Lajeado/RS
- Minicurso Transversões
- Palestra com Samuel Johann sobre o Médico Sem Fronteiras
- Minicurso Transversões
- Tertúlia formativa

Face Formação Pedagógica e Pensamento Nômade

Meditação
Conversas Literárias: Perec
Grupo de estudos deleuzeanos: Cartografia
Oficina: as redes sociais nas escolas
Grupo de estudos deleuzeanos: Plano de Imanência
Conversas Literárias: Freud
Seminário Currículo, Espaço e Movimento