Formação pedagógica e currículo em debate

Postado as 2017-04-03 21:36:33

Por Artur Dullius

Realizados de forma concomitante, a Univates deu início, nesta segunda-feira, dia 03, ao II Seminário Nacional Formação Pedagógica e Pensamento Nômade: currículo, criação e heterotopias e ao I Seminário Internacional Formação Pedagógica e Pensamento Nômade. A abertura oficial foi realizada durante a noite, no Teatro Univates, seguida da palestra do filósofo Silvio Gallo.
 
Os eventos terão três dias de atividades e durante a programação buscam problematizar a formação pedagógica estratificada e ancorada em pressupostos normativos, criando espaços de estudo, reflexão e discussão, experimentações artísticas e culturais com vistas a uma formação docente estética. Além disso, os eventos pretendem discutir os conceitos de currículo, criação e heterotopias a partir da perspectiva das Filosofias da Diferença.
 
A temática agrada ao vice-reitor e pró-reitor de Ensino da Univates, Carlos Cyrne. Segundo ele, os seres humanos são moldados desde a infância por um processo de ensino não libertador. “Mais do que refletir, precisamos começar a agir e projetar novas formas de educação e aqui na região isso precisa começar por nós enquanto instituição de ensino superior. É necessário que nossos estudantes sejam capazes de ler o mundo e questioná-lo”, afirma Cyrne.
 
Palestra “Currículo, criação e heterotopias”
Fazendo uso de citações do livro “As palavras e as coisas”, de Michel Foucault, Gallo deu início a sua palestra dando ênfase as heterotopias - um dos temas centrais do evento. “Falar em heterotopias é criar espaços delirantes. As crianças conhecem esse espaço. Ele se reflete no quintal de casa, no celeiro ou até mesmo na cama dos pais, que as crianças transformam em um oceano”, afirma com base nos escritos de Foucault.
 
Na sequência, trazendo o conceito para o âmbito acadêmico, o palestrante lembrou que as heterotopias possibilitam, na educação, a produção de outras gramáticas. “Elas nos permitem delirar nos currículos escolares, e isso é preciso. Eu pergunto a vocês, que currículo nós estamos produzindo hoje? Como podemos produzir outras possibilidades?” indaga Gallo.
 
A programação segue nesta terça e quarta-feira com palestras, grupos de trabalho e mesas de discussões que abordam a temática do evento. Mais informações podem ser obtidas em www.univates.br/seminarionomade ou pelo e-mail seminarionomade@univates.br.
 
Texto: Artur Dullius
 
 

Artur Dullius

Artur Dullius

Artur Dullius

Artur Dullius

Notícias Relacionadas