Noticias

31 Julho de 2017

Uma década dedicada ao esporte

Uma década dedicada ao esporte

Postado as 2017-07-31 11:46:16

Por Artur Dullius

“O Vale do Taquari ficará marcado pelo antes e o depois do Complexo Esportivo da Univates. A intenção é tornar a região referência em projetos e eventos esportivos e culturais”. As palavras do então coordenador do Complexo, Clairton Wachholz, dias antes da inauguração já davam a dimensão da representatividade que a estrutura teria para a região.
 
A data antecedia aquele que seria o primeiro grande evento esportivo no local. A partida entre a seleção brasileira e a seleção uruguaia de basquete foi motivo de lotação das arquibancadas. Aliás, essa não foi a única vez que o basquete arrastou multidões ao Complexo. Os jogos do pentacampeonato gaúcho e do NBB (Novo Basquete Brasil), disputados pelo Univates/Bira, também são lembrados pela circulação de inúmeros torcedores.
 
Hoje, 10 anos depois, se torna impossível não recordar dos diversos momentos e histórias que compõem esse espaço. O local acolheu o hexacampeonato da Avates, além dos confrontos integradores da Copa Univates, do Joguem e a preparação de atletas para as Olimpíadas. Com o crescimento da estrutura, o esporte regional também apresentou outros números. Equipes como o Lajeadense e a Alaf ganharam força no cenário nacional e desfrutaram da estrutura para a realização de treinos e partidas oficiais.
 
Mas não é só de esporte que as lembranças são feitas. O local foi palco de shows e atrações culturais, como o espetáculo Tholl e a Ospa, além de receber cerimônias de colação de grau. Sem falar do evento CRIExp, que também fez uso dessa imensa estrutura. No entanto, mais do que acolher o esporte da região, o Complexo surgiu como um incentivador da prática de esportes e, consequentemente, contribuiu para a melhora da qualidade de vida da população regional. “Ele trouxe um novo conceito de estrutura no esporte de rendimento”, explica Wachholz. 
 
O espaço foi precursor da ginástica na região. Apresentou para o Vale um esporte até então pouco conhecido e que agora é responsável por levar o nome da Instituição para outras partes do mundo. Inicialmente, além da ginástica, eram oferecidas atividades de natação, academia e pilates. Agora, com a construção do Estádio Olímpico, esse leque aumentou e hoje já se somam mais de dez modalidades.
 
Saiba mais
Academia é a atividade mais realizada
Média de idade dos usuários: de 25 a 30 anos
Dia mais utilizado: segunda-feira
Cerca de 660 mil pessoas circularam pelo Complexo durante seus 10 anos de atividades
Cerca de 1.400 usuários semanais
 
Os 10 anos na fala daqueles que passaram por aqui
“Se olharmos para trás, vamos enxergar diversos triunfos que foram conquistados ao longo desse período. Isso só foi possível porque teve alguém que acreditou que o esporte poderia movimentar a região de uma forma mais saudável. Ficamos muito felizes por proporcionar essa relação entre o esporte e o ensino superior. Em 2007, quando vim para cá, encontrei uma estrutura incrível, que estava localizada praticamente no meio do mato. Uma estrutura de ponta, que foi capaz de transformar o esporte na região.” Marcos Minoru, treinador da equipe de ginástica.
 
“Comecei a fazer ginástica na Univates em 2008, com apenas oito anos de idade, por incentivo da minha mãe. Como sempre gostei muito de esportes e vivia fazendo estrelinhas, me encontrei na ginástica. Mas agora, nove anos depois, percebo todo o crescimento que eu tive dentro do esporte. É possível relembrar minha participação em todos os campeonatos e viagens, que me proporcionaram experiências incríveis. Sei que nada disso teria se concretizado se não existisse o Complexo.” Isadora Uhry, ginasta da Univates classificada para o campeonato mundial de trampolim.
 
“Minha ligação com o Complexo iniciou em 2005, antes mesmo de ele estar finalizado. Como estagiária do Centro de Treinamento e Avaliação Esportiva (Cetae), pude acompanhar toda a idealização do projeto. Hoje, atuando como responsável pela academia, pelas atividades de pilates, funcional e corrida, posso afirmar que tenho muito orgulho de trabalhar aqui. Já tive a oportunidade de sair, mas não me vejo longe do Complexo. Considero-o como parte da minha vida, e se por algum motivo precisasse sair, eu perderia um pedaço de mim.” Janine Giovanella, funcionária do Complexo
 
“No conjunto de investimentos que a Univates realizou a partir do ano 2000 para ser Universidade, houve alguns voltados à área da saúde. Foi um processo orgânico e sistemático. Seria natural investir no Complexo Esportivo e queríamos, então, que ele fosse diferenciado, dentro de padrões internacionais, como a piscina semiolímpica, as quadras nos contornos ideias e as cabines de imprensa dentro dos padrões, por exemplo. A importância desse espaço se dá em qualificar o segmento da saúde vinculado à prática esportiva, além de incentivar competições esportivas e como divulgação da própria Instituição. Nunca imaginávamos que haveria tanta gente circulando diariamente por esse espaço. Não se projetava que haveria tanta participação da comunidade.” Ney Lazzari, reitor da Univates.
 
“A vivência como gestor do Complexo Esportivo foi um marco na minha trajetória pessoal e profissional, trouxe um grande desafio e, ao mesmo tempo, uma nova possibilidade. Estar à frente de um grupo de 25 funcionários e mais de 1.200 alunos necessita de muito empenho, dedicação e uma reconstrução do profissional Xis, que com certeza proporcionou um crescimento pessoal. Sou muito grato à Univates e tenho muito orgulho de ser o gestor desse Complexo, que é referência em níveis estadual e nacional.
 
Em outra esfera, tenho que salientar os momentos vividos como treinador do Univates/Bira, e, nesse quesito, nada melhor do que a conquista do tricampeonato de 2008. Arena lotada, mais de 3.000 pessoas e uma vitória esmagadora sobre o Caxias, levando ao delírio nossa fanática torcida. Ou seja, os 10 anos de Complexo Esportivo da Univates são sinônimo de muito trabalho, conquistas e orgulho.” Clairton Wachholz, gerente do Complexo Esportivo.
 
Para comemorar
Como forma de marcar a passagem desta data, o Complexo Esportivo da Univates realiza uma semana de comemoração. A programação inicia nesta segunda-feira, dia 31, e se estende até sábado, dia 5. Durante o período a comunidade poderá usufruir da estrutura disponível de forma gratuita. Para isso, é necessário que o interessado ligue para o telefone (51) 3714-7000, ramal 5805, e agende o turno e a atividade que pretende praticar. “Esse é um presente que nós damos para a comunidade. Sem ela não teríamos motivo para existir. É uma forma de apresentar a nossa estrutura e aproximar a população da prática de atividades físicas”, garante Wachholz. Mais informações sobre o complexo esportivo podem ser conferidas no site www.univates.br/complexo.
 
Texto: Artur Dullius
Confronto entre as seleções brasileira e uruguaia marcou primeiro grande evento

Elise Bozzetto

Local acolheu o hexacampeonato da Avates

Tuane Eggers

E também o pentacampeonato do Univates/Bira

Elise Bozzetto

Complexo Esportivo foi precursor da ginástica na região

Artur Dullius

Piscina semi-olímpica atrai praticantes de diferentes idades

Elise Bozzetto

Jogos da Copa Univates e do Joguem também marcam a história do Complexo

Artur Dullius

Clique para ampliar