Noticias

12 Maio de 2017

Univates oferece aulas de artes circenses

Univates oferece aulas de artes circenses

Postado as 2017-05-12 08:28:38

Por Artur Dullius

Ir a circos e teatros e ver artistas a muitos metros do chão impressiona não somente crianças. Acrobacias e exercícios desempenhados nas alturas também prendem a atenção de adultos. Se observar já é motivo de suspiros, conhecer essa modalidade de perto torna-se ainda mais interessante. Na Univates, aulas de artes circenses são oferecidas semanalmente.
 
As atividades ocorrem em segundas e terças-feiras, das 17h às 19h, sendo a segunda data reservada para a prática de crianças e adolescentes com idade entre 6 e 16 anos. Conforme o professor, Maurício Radavelli, ainda que baseadas na utilização do tecido acrobático, as aulas também são marcadas por atividades de força e preparação física. “Fazemos aquecimento, dando atenção especial para os membros superiores, depois os alunos desenvolvem a técnica no tecido e finalizam com o treinamento físico”, explica.
 
No entanto, o desenvolvimento de exercícios nas alturas não acontece de forma imediata. Segundo Marcos Minoru, supervisor das atividades, a evolução do atleta ocorre de forma lenta e perceptível. “É necessária a realização de um trabalho de base de força e técnica, pois é um exercício que exige bastante do corpo. Após a quarta aula o aluno começa a realizar exercícios em alturas maiores”, afirma.
 
As atividades iniciam com a compreensão e prática de exercícios individuais, para depois serem unidas, formando, assim, uma série de acrobacias. Para esse momento, força, flexibilidade e concentração se tornam virtudes indispensáveis. “A arte circense é uma arte, isso o próprio nome diz. O legal disso é que ela propicia maior liberdade de atividade ao participante. Ela requer que cada artista explore sua expressão, seu movimento e sua identidade”, afirma Minoru.
 
A segunda-feira, dia 08, marcou a primeira aula de Raiza Halmenschlager. Depois de um ano de pilates, a estudante de Arquitetura e Urbanismo buscava outras atividades e encontrou nos tecidos uma nova possibilidade. “É uma atividade diferente, exige bastante do praticante. A primeira impressão foi boa, gostei muito”, garante.
 
Estrutura de primeira
Minoru ressalta ainda a segurança da atividade praticada na Univates, garantido que a estrutura foi disposta conforme as exigências máximas de segurança. “Algumas pessoas costumam se questionar quanto à segurança da atividade. Tanto a estrutura física quanto os profissionais envolvidos aqui estão totalmente preparados para a realização das aulas”, salienta.
 
Mais informações podem ser obtidas no site www.univates.br/complexo, ou pelo telefone (51) 3714-7000, rmal 5805
 
Texto: Artur Dullius
Exercício une força, equilíbrio e expressão cultural

Artur Dullius

Exercício une força, equilíbrio e expressão cultural

Artur Dullius

Segunda-feira, dia 08, marcou a primeira aula de Raiza

Artur Dullius

Clique para ampliar