Noticias

12 Maio de 2017

Diplomado participa de disciplina do PPGAD

Alma mater é uma expressão utilizada para se referir a instituições de ensino que formam intelectualmente seus estudantes. E é justamente assim que o diplomado em História e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ambiente e Desenvolvimento (PPGAD) Eduardo Relly, que atualmente cursa doutorado na Alemanha, considera a Univates. “Penso que a Instituição me preparou muito bem para os desafios que enfrentei e enfrento na Alemanha, principalmente no que diz respeito à convicção que tenho em relação à diluição das fronteiras científicas. A Instituição foi meu berço acadêmico”, afirmou ele ao retornar à Instituição para participar como convidado da disciplina de Natureza do Conhecimento Ambiental do PPGAD na última sexta-feira, dia 05.

Doutorando da Universidade de Berlim, Relly continua a dirigir suas pesquisas para o exame do processo de instalação de imigrantes alemães nas florestas decíduas do Brasil meridional, tema relacionado com a dissertação que defendeu no PPGAD, embora não trabalhe mais com o corpus conceitual de capital social. “Pesquiso concretamente a transferência e negociação dos saberes agroflorestais entre o Brasil e a Alemanha no século XIX e minha experiência no mestrado ainda se mostra extremamente importante para o prosseguimento dessas questões de pesquisa”, declara ele.

Sobre voltar à Univates para participar da disciplina, Relly afirma ser uma satisfação muito grande. “Na verdade, sinto que nunca deixei a Univates, pois falo dela a interlocutores das mais diversas nacionalidades na Alemanha, onde resido. Tenho amigos na Univates, vivi parte da minha vida entre seus corredores, e o meu vínculo com o PPGAD, embora estivesse longe, nunca se desfez totalmente. Tenho, como disse antes, uma forte amizade com membros do PPGAD e seus alunos egressos, além de uma afeição grande pela Univates. Em suma, é um retorno para casa, para um lugar que fez muito por mim e que, em última instância, me fez e faz feliz. Espero contribuir ainda mais vezes com o PPGAD futuramente”.

Para a coordenadora do PPGAD, Neli Galarce Machado, “é sempre um privilégio receber egressos de nosso Programa, pois é uma oportunidade de observarmos que nossas sementes estão dando frutos. Verificar o amadurecimento intelectual e científico de cada um também se destaca, em especial no caso de Relly”, conclui ela.

Texto: Nicole Morás

Clique para ampliar