Diplomados Destaque

25 Maio de 2017

Diego Tiemann - diplomado no curso Técnico em Informática

Ter computador em casa não era algo comum nos anos 2000. Mesmo assim, a afinidade com a informática já despertava em Diego Tiemann a vontade de seguir carreira nessa área. Estudante do ensino médio, ele iniciou o curso Técnico em Informática na Univates aos 16 anos. Curioso pelo ramo, Tiemann já havia participado de curso de criação de páginas HTML e fazia sites usando o reprodutor de multimídia e aplicações Adobe Flash Player. Além disso, já estava começando a trabalhar com linguagens de script, mesmo sabendo pouco do que se tratava.

Ao longo dos primeiros dois anos de curso ele trabalhava ​na parte da manhã como auxiliar de marceneiro e pela tarde cursava o ensino médio. As noites eram dedicadas às aulas na Univates. Logo após concluir o ensino médio, no início de 2007, Tiemann foi convidado para trabalhar com desenvolvimento de software na Retta, empresa que, na época, pertencia ao professor do curso Técnico em Informática Márcio Ceretta. “Acredito que o convite foi feito porque eu me saía muito bem nas disciplinas de programação”, relembra o diplomado.

Dois anos depois, o estudante foi convidado para ser sócio da empresa. Naquele momento, ela apresentava poucas perspectivas de crescimento. Foi quando surgiu a oportunidade de instalá-la na Inovates - Incubadora Tecnológica da Univates. “Na época, o único negócio da empresa era desenvolvimento de software para gestão das atividades de suinocultura. Era um negócio complicado, dominado por outras duas grandes concorrentes que juntas tinham 80% do mercado”, explica Tiemann.

Após estar incubada na Inovates, a empresa criou novos produtos de software, como um sistema para emissão de nota fiscal eletrônica. “Esse sistema vendeu muito bem para microempresas de Lajeado e da região na época em que entrou a obrigatoriedade da NF-e”, conta. Com isso, o negócio foi crescendo e passou a desenvolver projetos customizados para clientes do Vale, região metropolitana e outros estados.

Alguns anos depois, em 2012, a Retta iniciou o desenvolvimento de programas para Android. “Criamos o Demander Força de Vendas, um sistema para vendedores externos e representantes comerciais fazerem a emissão de pedidos e gestão de seus clientes”, explica Tiemann.

O diplomado considera que o ingresso na Inovates foi importante para a empresa, destacando o baixo custo do aluguel da sala e as consultorias recebidas para auxiliar nas questões mercadológicas. “Ajudaram-nos a descobrir que o mercado da suinocultura não era muito promissor, assim como o mercado do gado leiteiro”, afirma.

Após se formar no curso Técnico em Informática na Univates, Tiemann realizou o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e conseguiu bolsa integral do ProUni - programa que oferece bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior - para cursar Sistemas de Informação na Unisinos. No futuro ele planeja fazer mestrado para poder lecionar. “Gosto de dar aulas, já ministrei vários cursos de programação pela Educação Continuada da Univates”, comenta.

Para a empresa, que hoje é graduada da Inovates e conta com 14 colaboradores, os planos são ampliar as atividades firmando parcerias de negócio e lançar novos produtos para crescer de forma sustentável. Atualmente Tiemann conta com outros dois sócios na Retta, o diplomado em Administração pela Univates Luciano Brandão e o estudante de Sistemas de Informação Douglas Lutz.

Texto: Bruna Lais Alves

Clique para ampliar


ENVIE A SUA HISTÓRIA