Notícias

08 Agosto de 2016

Cures já contribuiu para a formação de mais de 600 profissionais

Cures já contribuiu para a formação de mais de 600 profissionais

Postado as 2016-08-08 09:30:18

Por Nicole  Morás

No sexto ano de atividades, a Clínica Universitária Regional de Educação e Saúde (Cures)  já recebeu mais de 600 estudantes para a realização de estágios e vivências teórico- práticas dos mais diversos cursos da área da saúde, para a realização de atendimentos individuais e/ou multiprofissionais, visando ao trabalho em equipe, à interdisciplinaridade e à integralidade da atenção em saúde. Na última semana, mais um grupo de estudantes iniciou atividades no local, por meio de ações de integração. Ao longo do semestre serão mais de 140 estudantes e estagiários em atividades na Cures. Os atendimentos à população por esse grupo iniciaram nesta segunda-feira, dia 8 de agosto.

De acordo com a coordenadora da Cures, professora Olinda Lechmann Saldanha, a Clínica oferece uma série de vivências fazendo com que os estudantes, supervisionados pelos professores, tenham contato com outras áreas e com as equipes dos municípios com os quais o serviço mantém convênio. “Juntos, em reuniões, elaboram um projeto de acompanhamento para cada pessoa encaminhada. Os acadêmicos entram em contato com os profissionais que atuam nas políticas públicas, como saúde, educação e assistência social, e atendem tanto crianças como adolescentes, adultos e idosos”, explica Olinda.

A Cures é a única clínica-escola do Rio Grande do Sul na qual alunos e docentes da área de saúde realizam atividades de estágio constituindo equipes multiprofissionais, articuladas com as redes de serviços dos municípios conveniados.  Atualmente, recebe estudantes de nove cursos da Univates, que realizam atividades no local: Educação Física (bacharelado), Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Medicina (que está iniciando neste semestre), Nutrição, Odontologia, Psicologia e Pedagogia. O tempo de permanência dos  estudantes na Cures  depende do que está previsto no Projeto Pedagógico do Curso em que eles estão inseridos.

Além dos estágios curriculares, os estudantes também podem realizar atividades como voluntários, mediante combinação prévia e preenchimento da documentação adequada.  A Cures inicialmente  atendia apenas os usuários de três municípios com os quais mantém convênio: Arroio do Meio, Estrela e Lajeado. A partir deste ano, a Cures passa a integrar o Centro Clínico, com possibilidade de atender usuários referenciados por outros municípios, de acordo com os convênios estabelecidos.

Seminário
O VI Seminário de Práticas em Educação e Saúde e o V Simpósio da Clínica Universitária Regional de Educação e Saúde – Cures, que neste ano terão como tema “Redes de Atenção e Cuidado em Educação e Saúde”, sendo realizados nos dias 19, 20 e 21 de outubro de 2016, são momentos de avaliação dos processos de trabalho e formação em saúde, em um constante propor, experimentar, avaliar, promover e fomentar novos movimentos, convivendo com as incertezas e com a invenção de novos modos de promover o cuidado. Saiba mais sobre os eventos em www.univates.br/evento/seminariocures.

Saiba mais
Os atendimentos são realizados a partir dos convênios estabelecidos entre a Univates e as prefeituras da região do Vale do Taquari, que encaminham as pessoas à Cures para participar de atividades de cuidado em saúde. As ações de cuidado são planejadas e desenvolvidas em parceria com profissionais dos municípios. O trabalho oportuniza, de modo simultâneo, o atendimento às pessoas, a qualificação dos trabalhadores de saúde e a formação dos estudantes. Tendo como referência a integralidade da atenção em saúde, as atividades priorizam as necessidades em saúde  das pessoas ou famílias atendidas e são planejadas em conjunto com as equipes locais, de acordo com as necessidades de cada atendido. Isso significa que as atividades da Cures são desenvolvidas de forma articulada e em interação com as redes locorregionais de cuidado.

Texto: Nicole  Morás

Mais de 60 estagiários já iniciaram atividades na Cures neste semestre, mas no total serão 142 estudantes em atividades práticas ou estágios.

Nicole Morás

Clique para ampliar